Eid Al Fitr (Festa do Desjejum) acontecerá em 25 de junho a partir das 7 horas

Eid 1

A Mesquita Brasil, a mais antiga da América Latina, celebra em 25 de junho a Festa do Desjejum (Eid Al Fitr). A celebração, que marca o término do Ramadan, acontece a partir das 7 horas (oração) seguida de uma grandiosa recepção na Rua Barão de Jaguara, 632 (esquina com Av. do Estado 5.382 – Cambuci – São Paulo).

O evento comemora uma das mais importantes datas do calendário muçulmano. Realizada uma vez por ano, a prática segue o calendário lunar e tem duração variando entre 29 e 30 dias e é tida como forma de purificação espiritual. Durante o mês sagrado os fiéis devem abster-se de comida, de bebida e de relações sexuais no intuito de cultivar os ensinamentos inspirados no Sagrado Alcorão.

Quarto pilar do Islam, a prática preconiza que todos os fiéis devem seguir a disciplina do jejum como exercício para a aproximação de Deus, já que a fome unifica emoções e sentimentos de pobres e ricos. A experiência é ainda uma forma de levar à compreensão do sofrimento dos menos afortunados.

O jejum recai sobre todos os muçulmanos, exceto crianças, enfermos, idosos e fiéis em longas viagens. Mulheres que estejam em ciclo menstrual, gravidez ou em dieta pós-parto também estão isentas do jejum.

Ao término do Ramadan os festejos do “Eid Al Fitr” reúnem não só os muçulmanos, mas toda a comunidade em uma grande demonstração de tolerância e abrangência religiosa entre todos os povos e crenças.

Mão sempre estendida para ajudar

Presente no país desde o fim do século 19, o Islam teve como uma das principais entidades a Mesquita Brasil – a primeira da América Latina. Atualmente a comunidade, que representa 1/5 da população mundial, segue os preceitos ensinados por Mohammad (Deus o abençoe e lhe dê paz), que inclui, além da religião, um completo sistema de vida.

De acordo com os ensinamentos do Alcorão na impossibilidade da realização da prática do jejum o muçulmano deve alimentar uma pessoa necessitada para cada dia não jejuado. Com isso, a realização de ações sociais é evidenciada na Mesquita Brasil através de inúmeras iniciativas para acolher e auxiliar necessitados muçulmanos e não muçulmanos.

Mantenedora da entidade, a Sociedade Beneficente Muçulmana (SBM) conta com um programa especial de doações para o período. Cobertores, agasalhos e cestas básicas são distribuídos a quem tem fome e frio.

Todas as noites, na quebra do jejum é servido um farto jantar gratuitamente a todos os fiéis. “Apesar de termos uma intensa atividade durante o ano, no Ramadan nos empenhamos para ultrapassar nossos limites e estender a mão a qualquer irmão necessitado”, diz o presidente da SBM, Nasser Fares.

Fares conta ainda que a SBM vem mantendo ativo o cadastro de refugiados. Nele estão registradas mais de três mil pessoas. “Oferecemos apoio emocional e também orientação para recolocação profissional. Mantemos ainda um programa de locação de residência para dar suporte a quem chega ao país sem perspectiva, em busca de novas oportunidades e uma vida melhor”, explica

Primeira mesquita da América Latina

A mais antiga mesquita construída em toda América Latina, com início das obras em 1929, a Mesquita Brasil é uma das mais importantes propagadoras do Islam no Brasil, pregando a paz e a tolerância. Além disso, difunde entre seus seguidores a promoção do bem e a repressão ao mal.

MESQUITA BRASIL, a mais antiga da América Latina, celebra o término do Ramadan com grandiosa festa
Tagged on: